domingo, 7 de agosto de 2011

INSTALAÇÃO CORRETA DO CHUVEIRO ELÉTRICO


     Antigamente os chuveiros elétricos eram bem menos potentes. Naquela época a potência dos chuveiros não passava de 3200W. Depois de algum tempo o chuveiro teve sua potência aumentada para 5400W, o que já foi um grande avanço. No entanto, a alguns anos atrás houve um incremento no mercado de diversas marcas de chuveiros e também com diversos modelos e potências, alguns chegando até a 7700W. De fato isto proporcionou uma melhora no banho das pessoas preocupadas também com mais qualidade de vida, porém, equipamentos com essa potência necessitam de um outro padrão de fiação e proteção diferente do exigido para os chuveiros de antigamente. Logo, antes de comprar um novo chuveiro é importante verificar com um profissional da área se a instalação do imóvel comporta a nova carga ou se é preciso mudar a fiação e o disjuntor.
     Infelizmente tenho percebido que as pessoas não tem se atentado também para outro tipo de problema, ou por falta de informação das lojas que vendem o produto, ou por não darem a devida importância para o assunto. Um detalhe importante na hora de instalar um chuveiro novo é a conexão da fiação elétrica, que no caso dos novos modelos com potências muito altas não podem ser instalados em tomadas como era antigamente. Como as tomadas no Brasil suportam correntes nominais de até 20 amperes, ocorre que uma tomada dessas não é compatível com um chuveiro de 7700W por exemplo. Nestes casos a conexão da fiação elétrica é feita com um conector apropriado com sistema rosqueável. Caso contrário, como já tenho testemunhado em alguns casos, pode vir a ocorrer uma sobrecarga na fiação o que pode levar a um acidente por choque elétrico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário